A verdade sobre a idade

woman-570883_640

Quantos anos você tem? 15? 27? 45? 63? 87?

Quantos você quer ter?

A vida é uma dádiva e a grande maioria das pessoas almeja viver longos anos. Como diz aquela música da banda Blitz, sucesso dos anos 80 “todo mundo quer ir pro céu, mas ninguém quer morrer!”

Se não se quer morrer, a alternativa é envelhecer. E daí me vem a lembrança de alguns dias atrás, quando Vera Fischer, hoje com 63 anos, foi fotografada sem maquiagem num aeroporto do Rio de Janeiro. Muita repercussão oca isto causou, puro reflexo de uma das maiores dificuldades que se tem hoje em dia, aceitar o envelhecer. Chega a ser um drama para muitos de nós, que esperneiam contra esse “decreto da natureza” (com a palavra, os analistas terapêuticos).

Até se compreende que se tenha “tatuado” na memória uma imagem da atriz, do tempo em que não só ela, mas outras atrizes brasileiras igualmente belas, desempenharam seus papeis na TV, desfilando suas peles lisinhas e sua invejável forma física.

Na foto divulgada de Vera se vê a diferença, o tempo passou para ela, como passou para cada um de nós, anônimos, que não interessamos à mídia (ufa! Ainda bem). Falando nisso, é um consolo saber que, como feitos do mesmo “material”, faremos esta  “jornada oxidante” juntos, sem exceção! (já pensou se uns envelhecessem e outros não?).

Tem aquelas pessoas que parecem ter “tomado formol”, como se diz por aí. Naturalmente jovens, cogita-se que para elas o tempo seja contado em algum relógio especial, ou tenham descoberto o elixir da eterna juventude ou coisa parecida (que o diga a Bruna Lombardi). Mas, em ambos os casos, porém, não há saída, por mais que se tente driblar o tempo, cedo ou tarde se envelhece, ele é implacável!

A boa noticia é que o tempo pode ser um grande aliado nesta caminhada, um verdadeiro ”lapidário”, que prepara uma pedra e lhe agrega valor. Observa-se que em regra, com o passar do tempo vamos “suavizando”, ficando mais flexíveis, menos críticos, mais sensíveis e atentos às pequenas alegrias da vida. A vaidade vai dando espaço à simplicidade, as disputas à generosidade, as regras à espontaneidade, e eis que se conquista a almejada experiência, sabedoria do viver.

Voltemos à Vera Fischer, ela continua linda sim (eu acho), ainda que suas curvas estejam menos acentuadas e seus cabelos esbranquiçados. Cada fase da vida detém a sua intrínseca beleza.

Creio que quanto maior a preocupação com a velhice, mais aceleramos esse processo natural. É claro que é prazeroso sentir-se bem com a própria imagem refletida no espelho, isto é fundamental à autoestima, mas não resta dúvida que a idade está dentro de cada um de nós. Conheço gente que envelheceu aos 20 anos e também quem remoçou aos 70. Eu, por exemplo, tem dias que eu tenho 15, tem dias que beiro os 90.

O que vale no final das contas é ser gentil consigo e com os outros, aproveitar cada dia, cada momento, não ter medo de arriscar (um novo amor, um novo emprego, uma viagem mais longa, saltar de paraquedas, escalar uma montanha, um novo passo de dança…), é sempre estar disposto a aprender coisas novas. A pior “roubada” é morrer em vida.

Mesmo para quem já acomoda uns bons anos dentro de sua “bagagem existencial”, é bom não esquecer de que ainda está aqui.

A escritora Martha Medeiros, em um de seus livros, ao abordar o tema, muito oportunamente citou uma fala do grande e talentoso artista e diretor de televisão Daniel Filho, quando aos 72 anos lhe foi perguntado por que não parava de trabalhar. Ele respondeu: “Minha mãe me ensinou a nunca deixar comida no prato. E tem comida no prato”.

Quão maravilho é deliciar-se até a última raspa do prato! Alimentar-se de tudo o que é saudável, nutre o espírito e nos permite ter todas as idades.

Digite seu endereço de email para acompanhar esse blog e receber notificações de novos posts por email.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s