“Finos vasos de vidro”

ave-709243_640

Me visto de prata e ouro e folhas e nada,

para ser tantas e várias, quando nem eu mesma sei quem sou.

Vestida ou nua, em tua ausência apenas calo.

Por onde andas e por que não estás perto?

Por quais esquinas vagueiam teus senões?

Quisera ter palavras prontas na língua afiada, mas não as tenho uma sequer.

Inalcançáveis razões, finos vasos de vidro.

Apenas sei, são teus, somente teus e nada mais…

 

 

 

 

 

Anúncios

Um comentário em ““Finos vasos de vidro”

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s