Categoria: Compartilhando coisas boas

Decepção, é preciso superar.

roseira_reb1_012011-300x278

(imagem: google imagens)

Decepção é um sentimento esquisito, amargo como um fel, como uma paulada seca na cabeça.

No momento em que acontece é espanto, interrogação, dor… Depois, a vontade desmesurada de puxar a própria orelha bem forte! Continuar lendo “Decepção, é preciso superar.”

Anúncios

A aquarela da vida

aquarela

Cada pessoa é única, a começar por seu DNA exclusivo. Tem as suas crenças,  sua história, suas descobertas, escolhas e conexões, que forma e reforma a sua individualidade, que é parte indissolúvel de um “todo”, que gira e transforma tudo a todo instante. A energia individual é o brado, a universal é o eco!

É como uma mistura de cores, que tanto pode fazer com que uma combinação resulte num cinza apático, como misturando-se novamente a outras cores, chegue a um tom de um “roxo reservado” ou até de um “vermelho radiante e corajoso”. Assim é a energia de dentro da gente, o que temos de mais influente, com poder instantâneo de transformar, do lado de dentro e do lado de fora. Continuar lendo “A aquarela da vida”

“O quarto de Jack”

O-Quarto-de-Jack-Oscar-2016-Destaque-2

Assisti ao filme que deu o Oscar de melhor atriz à Brie Larson, o “Quarto de Jack”. O filme me levou a refletir sobre muitas coisas, difícil descreve-las tão fidedignas aos vôos e mergulhos que fiz na fria sala do cinema, que para mim algumas  vezes ficou quase tão minúscula quanto o “quarto”, cenário do drama vivido pela jovem Joy, que sequestrada sofreu várias formas de violência durante 7 anos anos. Contudo, como para todo mal há cura, sua dor deu lugar à esperança e à coragem quando se tornou Mãe de Jack (se assim não fosse por certo teria enlouquecido, sucumbido). Com a sua chegada, Jack (personagem  de Jacob Tremblay) a salvou pela 1ª vez. Continuar lendo ““O quarto de Jack””

Feliz Ano Novo!

fireworks-978883_960_720

(imagem: https://pixabay.com/pt/fogos-de-artif%C3%ADcio-polegar-sorriso-978887/)

Vai Ano Velho e leva contigo o que não foi bom.

Deixa somente o que foi aprendizado, o que de fato importa.

Passa como as águas, como o vento, mas deixa a tua lição.

Venha Ano Novo, chegue logo! nos envolva na alegria da sua esperança, iluminada por fogos de artifícios.

Enfeite tudo de sorrisos, abraços e beijos.

Nos leve por novos lugares e caminhos …

Já é hora de “mudar a roupa da alma, que dança e festeja a tua chegada”.

Continuar lendo “Feliz Ano Novo!”

Sons Inaudíveis

person-1030884_960_720

https://pixabay.com/pt/

(*desconheço a autoria do texto, mas resolvi compartilhar porque considero uma grande verdade)

Um rei mandou seu filho estudar no templo de um grande Mestre, com o objetivo de prepará-lo para ser uma grande pessoa. Quando o príncipe chegou ao templo, o Mestre o mandou sozinho para uma floresta. Ele deveria voltar um ano depois, com a tarefa de descrever todos os sons da floresta. Quando o príncipe retornou ao templo, após um ano, o Mestre lhe pediu para descrever todos os sons que conseguira ouvir. Então disse o príncipe:
– Mestre, pude ouvir o canto dos pássaros, o barulho das folhas, o alvoroço dos beija-flores, a brisa batendo na grama, o zumbido das abelhas, o barulho do vento cortando os céus…
E ao terminar o seu relato, o Mestre pediu que o príncipe retornasse à floresta, para ouvir tudo o mais que fosse possível. Apesar de intrigado, o príncipe obedeceu a ordem do Mestre, pensando: Continuar lendo “Sons Inaudíveis”

Geração eólica brasileira é 10º maior no mundo

Energia3

http://pensamentocritico.org/?p=1032&

Com geração de 12,2 terawatt/hora (TWh) de energia eólica em 2014, o Brasil  ocupa a 10ª posição no ranking mundial de geração da fonte,  superando Portugal, Suécia e outros países, que em 2013 estavam à frente. O ranking de 2014 eleva o país em cinco posições em comparação ao ano de 2013, quando o Brasil estava na 15ª posição.  Continuar lendo “Geração eólica brasileira é 10º maior no mundo”

Meia entrada – Novas Regras a partir de hoje, 1º de dezembro de 2015.

 

O decreto regulamentador garante a disponibilidade de 40% do total de ingressos disponíveis para venda ao público em geral, inclusive camarotes e áreas especiais.

Os estudantes, jovens de baixa renda e deficientes são os que têm o direito a pagar a metade do preço nos ingressos. Os alunos precisam apresentar a carteirinha de estudante, que pode ser expedida pela Associação Nacional de Pós-Graduandos, pela União Nacional dos Estudantes, pela União Brasileira dos Estudantes Secundaristas, pelos diretórios centrais dos estudantes e os diretórios acadêmicos.

Os jovens de baixa renda precisam apresentar a Identidade Jovem, documento que será emitido pela Secretaria Nacional da Juventude. A emissão deste documento ainda não foi regulamentada, mas a presidente deu prazo para que o documento seja emitido até 31 de março de 2016.

Já as pessoas com deficiência devem apresentar o cartão de Benefício de Prestação Continuada da assistência Social ou o documento emitido pelo Instituto Nacional de Seguro Social (INSS). Caso as pessoas com deficiência precisem de acompanhante, este também terá direito ao ingresso com a metade do preço.

Segundo o decreto, os estabelecimentos comerciais e culturais deverão disponibilizar as informações atualizadas sobre o número total de ingressos e a quantidade disponível para venda à metade do preço em local visível ao público. Caso isto não aconteça, quem tem direito à meia-entrada poderá pagar a metade do preço mesmo que o percentual dos 40% de ingressos já tenha se esgotado.